Olá pessoal, como vocês estão? Espero que bem. Para quem não sabe, um dos mais icônicos álbuns da rainha do pop, Madonna, completou 25 anos. Erotica, o álbum que divergiu opiniões ao redor de todo o mundo, o álbum que revolucionou a música pop e trouxe o conceito de “álbum visual”, sem esse álbum definitivamente não seria possível as cantoras atuais como Lady Gaga, Beyoncé, Rihanna e tantas outras fazerem o trabalho que elas fazem. Esse álbum quebrou tabus e ainda não foi feito nada igual a ele por nenhum outro artista.

Polêmico, transgressor, ousado, sensual e questionador. Madonna trouxe questões sobre sexualidade, fetiches e diversos assuntos do mundo fantasioso que muitas vezes somos obrigado a esconder por preconceito da sociedade. Madonna junto do álbum lançou o “Sex book”, um livro que trazia fotos de sadomasoquismo, ménage à trois com gays, lésbicas e afins. O livro foi banido em quase todo mundo. Madonna sofreu boicote da maioria dos países por conta dos temas abordados, ela relembrou em seu discurso para Billboard, onde foi eleita Mulher do Ano, algumas das coisas que passou nesse período, confira:

“Por um tempo eu não fui considerada uma ameaça. Anos depois, divorciada e solteira, fiz meu álbum ‘Erotica’ e meu livro ‘Sex’ foi lançado. Eu me lembro de ser a manchete de cada jornal e revista. Tudo que eu lia sobre mim era ruim. Eu era chamada de vagabunda e de bruxa. Uma das manchetes me comparava ao demônio. Eu disse ‘Espera aí, o Prince não está correndo por aí usando meia-calça, salto alto, batom e mostrando a bunda?’ Sim, ele estava. Mas ele era um homem. Essa foi a primeira vez que eu realmente entendi que mulheres não têm a mesma liberdade dos homens.” 

Confira abaixo o videoclipe de “Erotica”, carro chefe do álbum:

Performance da música durante a turnê “The Girlie Show”, tour que foi suporte para divulgação do álbum:

Escute ao icônico álbum “Erotica”:

Publicado por
COMPARTILHE

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários